"Você é livre para viver os planos de Deus"

Neste domingo (28), a Igreja Renascer em Cristo deu continuidade à campanha dos 7 Domingos de Conquistas, com a ministração do tema: Jezreel, a Conquista da Liberdade.

 

Com transmissão ao vivo pelo Instagram da Bispa Fernanda Hernandes, o Apóstolo Estevam Hernandes e a Bispa Sonia Hernandes trouxeram uma mensagem encorajadora, diretamente da Renascer Flórida, onde a líder da Renascer foi homenageada pelo seu aniversário. 

 

Acompanhe algumas imagens da celebração:

 

 

 

 

Acompanhe também o resumo da palavra ministrada nas igrejas e o vídeo de um dos cultos na íntegra:

 

Joel 2.12 a 15 e 24 a 28: “Ainda assim, agora mesmo, diz o Senhor : "Convertam-se a mim de todo o coração; com jejuns, com choro e com pranto. Rasguem o coração, e não as suas roupas." Convertam-se ao Senhor , seu Deus, porque ele é bondoso e compassivo, tardio em irar-se e grande em misericórdia, e muda de ideia quanto ao mal que havia anunciado. Quem sabe se ele não se voltará e mudará de ideia, e, ao passar, deixe uma bênção, para que vocês possam trazer ofertas de cereais e libações ao Senhor , seu Deus? Toquem a trombeta em Sião, proclamem um santo jejum, convoquem uma reunião solene.

 

Filhos de Sião, alegrem-se e exultem no Senhor , seu Deus, porque ele lhes dará as chuvas em justa medida; fará descer, como no passado, as primeiras e as últimas chuvas. As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de azeite. Restituirei os anos que foram consumidos pelos gafanhotos — o migrador, o devorador e o destruidor —, o meu grande exército que enviei contra vocês. Vocês terão comida em abundância e ficarão satisfeitos, e louvarão o nome do Senhor , seu Deus, que fez maravilhas em favor de vocês. E nunca mais o meu povo será envergonhado.

 

Vocês saberão que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o Senhor , o Deus de vocês, e que não há outro. E nunca mais o meu povo será envergonhado. E acontecerá, depois disso, que derramarei o meu Espírito sobre toda a humanidade. Os filhos e as filhas de vocês profetizarão, os seus velhos sonharão, e os seus jovens terão visões.”

 

 

Um tempo de escassez, de muita guerra, sem as bênçãos espirituais, levou o povo de Israel a uma verdadeira assolação: as colheitas eram consumidas pelos gafanhotos orientais que vinham como uma verdadeira nuvem e destruíam tudo.

 

Eles tinham perdido a esperança e a relação com Deus.

 

Deus os chama profeticamente a mudar essa condição pelo caminho espiritual da reconciliação para um novo tempo.

 

Espiritualmente, é o que acontece nos dias de hoje... O afastamento de Deus, a ausência de uma relação viva e verdadeira, nos leva a um estado de derrotas contínuas.

 

Juízes 6.1, 2 e 5: “Os filhos de Israel fizeram o que era mau aos olhos do Senhor e por isso o Senhor os entregou nas mãos dos midianitas durante sete anos. Os midianitas prevaleceram contra Israel. E, por causa dos midianitas, os filhos de Israel fizeram para si as covas que estão nos montes, as cavernas e as fortificações. Pois vinham com o seu gado e as suas tendas, como uma nuvem de gafanhotos. Eram tantos, que não se podiam contar, nem a eles nem aos seus camelos; e entravam na terra para a destruir.”

 

Cristo veio para nos dar a salvação eterna e os livramentos dos gafanhotos que foram enviados para nos destruir como uma praga que precisa cessar em nossas vidas.

 

Juízes 6.33 e 34: “Todos os midianitas, amalequitas e povos do Oriente se ajuntaram, passaram o Jordão e acamparam no vale de Jezreel. Então o Espírito do Senhor revestiu Gideão.”

 

O poder e autoridade de cristo em nossas vidas nos leva a essa vitória.

 

Precisamos de:

 

• UM GRANDE AVIVAMENTO ESPIRITUAL;

• CONVERSÃO;

• JEJUNS, ORAÇÃO, QUEBRANTAMENTO! 

 

Somente um avivamento espiritual nos leva a vencer os gafanhotos:

 

1. MIGRADOR - O ESPÍRITO QUE LEVA PARA LONGE DO PAI.

 

Lucas 15.12: “O mais moço deles disse ao pai: "Pai, quero que o senhor me dê a parte dos bens que me cabe. E o pai repartiu os bens entre eles.”

 

O sentimento que ocupou a mente do filho pródigo o levou para longe do pai.

 

Assim Satanás faz as pessoas se distanciarem de tudo que espiritualmente as poderia colocar no plano de deus e as faz migrar para locais áridos espiritualmente.

 

Temos que vencer esse sentimento mantendo nossa relação com deus intocável.

 

Romanos 8.38: “Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.”

 

Nada pode nos separar do amor de Deus em Cristo.

 

Tudo que esse gafanhoto migrou das nossas vidas Deus vai restituir.

 

 

2. DESTRUIDOR: O ESPÍRITO QUE LEVA A DESTRUIÇÃO.

 

Juízes 16.21: “Então os filisteus o agarraram, furaram os olhos dele e o levaram para Gaza. Amarraram-no com correntes de bronze e o puseram a virar um moinho na prisão.”

 

É inacreditável o que Satanás fez com sansão, assim com Judas e outros homens que deus escolheu.

 

Esse sentimento de destruição e de autodestruição, quando entra na pessoa, ela perde a razão e seu descontrole e malignidade interior a leva a destruir-se como um viciado, que sabe que está se destruindo, mas permanece no vício.

 

João 10.10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

 

3. DEVORADOR: O SENTIMENTO DEMONÍACO QUE DEVORA TUDO AO REDOR E TAMBÉM A VIDA INTERIOR.

 

Juízes 6.14 a 16: “Então o Senhor se virou para Gideão e disse: — Vá nessa força que você tem e livre Israel das mãos dos midianitas. Não é verdade que eu estou enviando você? Gideão respondeu: — Ah! Meu Senhor! Como livrarei Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés, e eu sou o menor na casa de meu pai. Mas o Senhor disse: — Já que eu estou ao seu lado, você derrotará os midianitas como se fossem um só homem.”

 

Gideão estava sendo consumido pelo terror, pela tristeza e miséria daquele momento.

 

Esse demônio lança este sentimento e devora até a unção que a pessoa possui e consequentemente tudo que a pessoa tem.

 

Temos que vencer esse sentimento de depressão, entrega, de acusação e não sermos devorados na nossa integridade e ânimo.

 

Deus tira das nossas vidas essas ações malignas e no coloca debaixo de palavra profética poderosa.

 

Juízes 7.20 e 21: “Assim, as três companhias tocaram as trombetas e despedaçaram os cântaros. Seguravam a tocha na mão esquerda e a trombeta na mão direita. E gritavam: Uma espada pelo Senhor e por Gideão! E cada um permaneceu no seu lugar ao redor do arraial. Todo o exército dos midianitas começou a correr, a gritar e a fugir.”

 

Deus nos restituirá tudo que perdemos por causa dessa ação em nossas vidas.

 

Este é o tempo de restituição e um derramar do Espírito Santo em nossas vidas.

 

 

 

Redação