Durante a quarentena, Igreja Renascer distribuiu 1200 toneladas de alimentos

Nesta fase de isolamento social estratégico – para conter o avanço da Covid-19 –, muitas famílias, por questões financeiras, não conseguiram estocar a quantidade de alimentos necessária para se manter na quarentena e no pós.

 

A Igreja Renascer em Cristo adotou uma estratégia para supri-las e criou o Expresso da Salvação.

 

A meta para este mês foi superada. A Igreja arrecadou mais 200 toneladas de alimentos.  Os itens foram distribuídos em uma mega ação solidária que aconteceu em diversas regiões do país, em setembro.

 

 

 

 

Antes de sair, os participantes levantaram um grande clamor pelas famílias brasileiras, principalmente por aqueles que estão em uma situação de miséria ou com a saúde debilitada.

 

“Estamos aqui porque Cristo se entregou por nós! A salvação da humanidade está no amor, e não existe amor sem doação! Este é o verdadeiro evangelho. Com o pouco que cada um possuía em casa conseguimos suprir milhares de famílias”, declarou o Apóstolo Estevam Hernandes, que também leu o texto bíblico de Salmo 41.1, que diz: “Bem-aventurado é aquele que atende ao pobre; o SENHOR o livrará no dia do mal.”

 

Em meio à pandemia, a Igreja Renascer em Cristo distribuiu mais de 1200 toneladas de alimentos, o equivalente a 75 mil cestas básicas.

 

Acompanhe mais detalhes na reportagem abaixo:

 

 

 

Todos os dias, das 20h às 22h, as todas as sedes do ministério estão de portas abertas para receber doações de alimentos, roupas e produtos de higiene (para saber o endereço mais próximo, clique aqui). 

 

O principal posto de arrecadação é o Renascer Hall, sede internacional do ministério situada na Rua Dr. Almeida Lima, 1290, na zona leste da capital paulista.

 

Para fazer sua contribuição sem sair de casa, clique aqui

 

 

  Redação