Bispa Sonia: "Deixe o Senhor te ensinar a voar!"

Nesta terça-feira (04), durante o Culto de Batalha Espiritual, realizado no Renascer Hall, a Bispa Sonia Hernandes ministrou o primeiro dia da campanha das “7 Semanas para Alçar Voos Altos como a Águia”.

 

Acompanhe, a seguir, o resumo:

 

A imagem pode conter: 1 pessoa

 

Isaías 40.27 a 31: “Por que, pois, dizes, ó Jacó, e falas, ó Israel: O meu caminho está encoberto ao Senhor, e o meu direito passa despercebido ao meu Deus? Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa, nem se fatiga? Não se pode esquadrinhar o seu entendimento. Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam.”

 

As águias possuem diversas características interessantes que é importante destacarmos:

 

1- A fêmea testa a capacidade e o senso de reponsabilidade dos machos, antes de escolhê-los...

 

Os que realmente estão preparados conseguirão resgatar os filhotinhos, caso haja necessidade!

 

2- Depois do nascimento dos filhotes, tanto o macho quanto a fêmea os protegem e os suprem, até que eles estejam preparados para aprender a voar...

 

Estrategicamente, os ninhos são construídos em lugares altos...

 

3- Eles estimulam a autonomia dos filhotes, dificultando o acesso à alimentação...

 

4- Para ensiná-los a voar, eles descontroem o ninho...

 

Deixam o ambiente menos confortável e com menos espaço, para os filhotinhos entenderem que chegou o momento de eles saírem...  Se eles não tomam a iniciativa, os pais os empurram... Mas desistir? Jamais!

 

A passagem de Isaías 40.27 a 31 começa com uma resposta de Deus a um lamento de Jacó “Por que você está dizendo que Eu não me importo, que Eu estou distante? Se vocês estão cansados, desgastados e desanimados, não atribua a Mim este sentimentos, porque Eu não desisto e não vou desistir de vocês!”.

 

Os limites quem coloca somos nós, por insistirmos em continuar na zona de conforto...  Descomplique-se! Deixe o Senhor concluir a obra que Ele iniciou na sua vida!

 

Filipenses 1.6: “Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.”

 

Para voar como a águia:

 

1º Precisamos estar bem alimentados!

 

Qual é o alimento diário do nosso espírito? A Palavra de Deus!

 

Mateus 22.29: “Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.”

 

Conhecimento gera entendimento... Conhecimento gera desenvolvimento... Conhecimento nos leva a tomar boas decisões...

 

E o poder de Deus? Nos faz ir além...

 

2º Precisamos entender que situações desconfortáveis são necessárias...

 

Nada acontece para a nossa destruição, mas para o nosso desenvolvimento.

 

Isaías 6.1 a 8: “No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os seus pés e com duas voava. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.

 

As bases do limiar se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. 5Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido! Porque sou homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!

 

Então, um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os teus lábios; a tua iniquidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado. Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim.”

 

O profeta nasceu, quando o rei dele morreu... Isaías precisava ter suas próprias experiências com Deus.

 

3º Precisamos ter consciência de que a necessidade não nos limita, mas nos amadurece!

 

É um verdadeiro “quebra salto”. A necessidade ativa a criatividade! Faz-nos transformar dificuldades em oportunidades!

 

Filipenses 4.11 a 13: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece.”

 

A águia caça tanto nos dias de sol, quanto durante as tempestades... Você não depende de circunstâncias, porque a sua suficiência vem do Senhor, e Ele tem caminhos mais altos para você!

 

4º Tenha referências corretas de voo

 

Mantenha os olhos em Cristo e não se esqueça de que você tem autoridades espirituais... Seu voo não é cego!

 

5º Persevere! A prática leva ao aperfeiçoamento

 

Desistir não é mais uma opção!

 

2 Crônicas 20.20: “...Crede no Senhor, vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas e prosperareis.”

 

Deixe o Senhor te ensinar a voar! Ele não te deu asas para você viver no ninho.

 

 

 

Redação