Bispa Sonia fala sobre gratidão no Encontro Mensal das Mais que Vencedoras

 

Neste sábado (10), aconteceu o Encontro Mensal de Mulheres Mais que Vencedoras (+QV). O evento foi transmitido ao vivo da sede Renascer Hall para todas as igrejas Renascer em Cristo, pela Rede Gospel de Televisão e via YouTube.

 

Após o louvor ministrado pelo Renascer Praise, de um momento de aconselhamento esclarecedor e de testemunhos edificantes das participante do projeto +QV, a Bispa Sonia Hernandes trouxe uma mensagem inspiradora. Acompanhe o resumo, a seguir:

 

 

Texto-base: Números 11:1-25 “Aconteceu que o povo começou a queixar-se das suas dificuldades aos ouvidos do Senhor. Quando ele os ouviu, a sua ira acendeu-se e fogo da parte do Senhor queimou entre eles e consumiu algumas extremidades do acampamento. Então o povo clamou a Moisés, este orou ao Senhor, e o fogo extinguiu-se.Por isso aquele lugar foi chamado Taberá, porque o fogo da parte do Senhor queimou entre eles.Um bando de estrangeiros que havia no meio deles encheu-se de gula, e até os próprios israelitas tornaram a queixar-se, e diziam: "Ah, se tivéssemos carne para comer!  Nós nos lembramos dos peixes que comíamos de graça no Egito, e também dos pepinos, das melancias, dos alhos porós, das cebolas e dos alhos. Mas agora perdemos o apetite; nunca vemos nada, a não ser este maná!”

O maná era como semente de coentro e tinha aparência de resina.

O povo saía recolhendo o maná nas redondezas, e o moía num moinho manual ou socava-o num pilão; depois cozinhava o maná e com ele fazia bolos. Tinha gosto de bolo amassado com azeite de oliva. Quando o orvalho caía sobre o acampamento à noite, também caía o maná. Moisés ouviu gente de todas as famílias se queixando, cada uma à entrada de sua tenda. Então acendeu-se a ira do Senhor, e isso pareceu mal a Moisés. E ele perguntou ao Senhor: "Por que trouxeste este mal sobre o teu servo? Foi por não te agradares de mim, que colocaste sobre os meus ombros a responsabilidade de todo esse povo? Por acaso fui eu quem o concebeu? Fui eu quem o trouxe à luz? Por que me pedes para carregá-lo nos braços, como uma ama carrega um recém-nascido, a levá-lo à terra que prometeste sob juramento aos seus antepassados? Onde conseguirei carne para todo esse povo? Eles ficam se queixando contra mim, dizendo: ‘Dê-nos carne para comer! ’

Não posso levar todo esse povo sozinho; essa responsabilidade é grande demais para mim. Se é assim que vais me tratar, mata-me agora mesmo; se te agradas de mim, não me deixes ver a minha própria ruína". E o Senhor disse a Moisés: "Reúna setenta autoridades de Israel, que você sabe que são líderes e supervisores entre o povo. Leve-os à Tenda do Encontro, para que estejam ali com você. Eu descerei e falarei com você; e tirarei do Espírito que está sobre você e o porei sobre eles. Eles o ajudarão na árdua responsabilidade de conduzir o povo, de modo que você não tenha que assumir tudo sozinho. "Diga ao povo: Consagrem-se para amanhã, pois vocês comerão carne. O Senhor os ouviu quando se queixaram a ele, dizendo: ‘Ah, se tivéssemos carne para comer! Estávamos melhor no Egito! ’ Agora o Senhor lhes dará carne, e vocês a comerão. Vocês não comerão carne apenas um dia, ou dois, ou cinco, ou dez ou vinte, mas um mês inteiro, até que lhes saia carne pelo nariz e vocês tenham nojo dela, porque rejeitaram o Senhor, que está no meio de vocês, e se queixaram a ele, dizendo: ‘Por que saímos do Egito? ’ "Disse, porém, Moisés: "Aqui estou eu no meio de seiscentos mil homens de pé, e dizes: ‘Darei a eles carne para comerem durante um mês inteiro! ‘Será que haveria o suficiente para eles se todos os rebanhos fossem abatidos? Será que haveria o suficiente para eles se todos os peixes do mar fossem apanhados? ". O Senhor respondeu a Moisés: "Estará limitado o poder do Senhor? Agora você verá se a minha palavra se cumprirá ou não".

Então Moisés saiu e contou ao povo o que o Senhor tinha dito. Reuniu setenta autoridades dentre eles e os dispôs ao redor da Tenda. O Senhor desceu na nuvem e lhe falou, e tirou do Espírito que estava sobre ele e o pôs sobre as setenta autoridades. Quando o Espírito veio sobre eles, profetizaram, mas depois nunca mais tornaram a fazê-lo.”

 

Números 11:31-35 “Depois disso, veio um vento da parte do Senhor que trouxe codornizes do mar e as fez cair por todo o acampamento, a uma altura de noventa centímetros, espalhando-as em todas as direções até num raio de uma caminhada de um dia. Durante todo aquele dia e aquela noite e durante todo o dia seguinte, o povo saiu e recolheu codornizes. Ninguém recolheu menos de dez barris. Então eles as estenderam para secar ao redor de todo o acampamento.

Mas, enquanto a carne ainda estava entre os seus dentes e antes que a ingerissem, a ira do Senhor acendeu-se contra o povo, e ele o feriu com uma praga terrível.

Por isso o lugar foi chamado Quibrote-Hataavá, porque ali foram enterrados os que tinham sido dominados pela gula. De Quibrote-Hataavá o povo partiu para Hazerote, e lá ficou.”

 

Números 14:1-12 “ Naquela noite toda a comunidade começou a chorar em alta voz.

Todos os israelitas queixaram-se contra Moisés e contra Arão, e toda a comunidade lhes disse: "Quem dera tivéssemos morrido no Egito! Ou neste deserto!

Por que o Senhor está nos trazendo para esta terra? Só para nos deixar cair à espada? Nossas mulheres e nossos filhos serão tomados como despojo de guerra. Não seria melhor voltar para o Egito? " E disseram uns aos outros: "Escolheremos um chefe e voltaremos para o Egito! ". Então Moisés e Arão prostraram-se, rosto em terra, diante de toda a assembléia dos israelitas. Josué, filho de Num, e Calebe, filho de Jefoné, dentre os que haviam observado a terra, rasgaram as suas vestes

e disseram a toda à comunidade dos israelitas: "A terra que percorremos em missão de reconhecimento é excelente. Se o Senhor se agradar de nós, ele nos fará entrar nessa terra, onde manam leite e mel, e a dará a nós. Somente não sejam rebeldes contra o Senhor. E não tenham medo do povo da terra, porque nós os devoraremos como se fossem pão. A proteção deles se foi, mas o Senhor está conosco. Não tenham medo deles! " Mas a comunidade toda falou em apedrejá-los. Então a glória do Senhor apareceu a todos os israelitas na Tenda do Encontro. E o Senhor disse a Moisés: "Até quando este povo me tratará com pouco caso? Até quando se recusará a crer em mim, apesar de todos os sinais que realizei entre eles? Eu os ferirei com praga e os destruirei, mas farei de você uma nação maior e mais forte do que eles".

 


 

Nenhum daqueles que reclamaram entraram na Terra Prometida, e tudo aquilo que de ruim que eles disseram que ia acontecer com eles aconteceu. Eles tinham o espírito da ingratidão em si.

 

O Espírito da ingratidão tem origem no sentimento de insatisfação. O povo de Israel tinha tudo, o Senhor os havia tirado do Egito e supria todas as suas necessidade, mas eles não eram gratos. Por que o deserto de Moisés, Josué e Calebe era diferente do deserto do restante do povo? Porque ao contrário do povo eles eram gratos.

 

O sentimento de insatisfação nasceu com Lúcifer, ele era a mais bela das criaturas e se tornou a mais desprezível delas. Tudo isso porque ele estava insatisfeito com a sua posição e quis se tornar como Deus. E esse mesmo sentimento de insatisfação ele plantou na vida de Eva.

 

Gênesis .3:1-6 “Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?

Respondeu-lhe a mulher: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais. Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal. Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu.”

 

Como castigo Deus gerou a inimizade entre a serpente e a mulher, e até hoje as mulheres são as mais afetadas pela insatisfação. Foi isso que atingiu o povo de Israel lá em Números. Eles começaram a reclamar do pão que Deus lhes dava para comer.

 

A insatisfação gera em nós os seguintes comportamentos:

 

1-  Amaldiçoamos o nosso próprio pão

 

Números 11:6-9 “Agora estamos definhando, privados de tudo; nossos olhos nada veem senão este  maná!” E o maná era como semente de coentro e tinha a aparência de resina.O povo espalhava-se pelo arraial para recolhê-lo; e o triturava num moinho manual ou socava-o em um pilão; depois cozinhava o maná e com ele fazia bolos. Tinha gosto de bolo amassado com azeite de oliva.Quando o orvalho caía sobre o acampamento durante a noite, caía também o maná.”

 

Quando começamos a amaldiçoar o que Deus nos dá, nós matamos o potencial da promessa. Quando eu olho para o meu pão e digo “que porcaria”, eu mato o que aquilo poderia se tornar.

 

Deus nos dá tudo para nos tornamos as mulheres mais felizes da terra. Mas a insatisfação nos faz reclamar dos instrumentos que ele coloca na nossa mão. Ao invés de detonar aquilo que Deus lhe dá peça para ele te ensinar a usar isso para ser feliz!

 

 

2- Somos tomados por uma insatisfação generalizada, que nos faz enxergar que ser escravos é melhor que ser livres - isto traz maldição e praga

 

Números 11:4 “Um bando de estrangeiros que havia no meio do povo de Israel encheu-se de cobiça e gula, e até os próprios israelitas tornaram a reclamar murmurando: “Quem nos dará carne para comer?”

 

O povo de Israel sofreu de “Insatisfação por Contaminação” e isso ocorre conosco até os dias de hoje. Você amava a casa que Deus te deu, até que você olhou na rede social a casa que uma fulana tem, e agora acha que a sua é uma porcaria.

 

O povo de Israel começou a querer o que os estrangeiros desejavam. Mas nem tudo aquilo que é agradável para outros é agradável para você. O que você quer? Será que as suas vontades não estão contaminadas?

 

A insatisfação gerada pela ingratidão é a responsável pelo corte de coisas boas na sua vida. A ingratidão nos torna pessoas pesadas, o povo estava pesando tanto para Moisés que ele pediu para que o Senhor o matasse!

 

O Senhor te permite passar pelo deserto porque ele sabe que você é capaz. Seja grata por tudo aquilo que o Senhor lhe deu. A gratidão gera em nós cinco bênçãos:

 

1. Tem a visão específica de deus sobre cada situação

Quando você tem um coração agradecido pelos livramentos, ao invés de ter peso pelo que teve que enfrentar, e ou, pelo que está enfrentando, você está livre de traumas!

 

2. Quando você tem um coração agradecido pelos livramentos, ao invés de ter peso pelo que teve que enfrentar, e ou, pelo que está enfrentando, você está livre de traumas!

 

Davi quando chegou para guerrear contra Golias poderia ter reclamado. Podia ter dito “ o Senhor me livrou de um urso e um leão para me jogar aqui?”. Mas ele escolheu crer que assim como ele venceu antes os animais agora ele venceria ao gigante e assim se foi feito.

 

3. A gratidão nos faz ter segurança mesmo em meio às piores situações

O prazer do pai é nos dar o reino

 

A gratidão nos faz saber que Deus é Deus em qualquer situação! Ela nos faz ter:

 

* Consciência da Presença de Deus mesmo que até o pai e a mãe abandonem

* Consciência das armas espirituais que tem e seu poder e efetividade

* Consciência de que guerra é sinal de vitória

 

4- A gratidão nos dá consciência de quem somos e por consequência soberania sobre o inimigo, domínio próprio

 

A gratidão cria em nós relacionamento. Ela não nos deixa nos compararmos com outras pessoas, porque percebemos que Deus nos dá o melhor!

 

5. Gratidão te faz atrair riquezas, ser imã de coisas boas

 

Ela nos faz vencer os planos do Inferno e destruir os planos do inimigo. Deus libera benção para quem é agradecido. A alma que é sempre grata, vive mais próxima de Deus, do que aquela que nunca tem reconhecimento e Gratidão.

 

Quanto mais gratidão você tiver na sua mente, mais coisas boas você receberá e mais rápido elas chegarão.

 

Aline Fatima - Redação Igospel